Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou a simplicidade casada com a verdadeira essência de um ser. Venho de uma família onde todos trazem e trouxeram em suas bagagens um código espiritual único e capaz de transformar palavras em frases complexas e simples, que ampliam horizontes e rompem barreiras. Sou filha do vento, da água, da terra e do fogo. Tenho minhas fases e mudo conforme a Lua. Sou a busca do exato, na medida disforme das coisas que vejo, e minha mente transcreve. Hoje criando este blog, mostrarei o que em gavetas escondia. Beleza, sinceridade, sede de transcrever o que minha alma sente ao se deparar com uma folha e um lápis, pois é desta forma que escrevo. Na simplicidade de um canto qualquer, mas com essência pura dos sensíveis.

sexta-feira, 1 de junho de 2012

SEDAS, PERFUMES, CAMISOLA, SUOR E TODOS OS SENTIDOS



LUZ DO ABAJUR NUM ESPAÇO PERFUMADO
NA PAREDE REFLETE A SILHUETA
NO ESPELHO A CAMISOLA DE SEDA PRETA,
 PERFUME FRANCÊS, OLHARES PENETRANTES.
UM GOLE DE LEVE NOS SUORES QUE ESCORRIAM DO SEU CORPO
TODOS OS SENTIDOS ALERTAS E FEBRIS
NA ANSIA DE CADA TOQUE, NO ENVOLTO DE SEDAS, PERFUMES,
CAMISOLA, SUOR E TODOS OS SENTIDOS.
DA VISÃO EMERGE UM HOMEM DA IMENSIDÃO
O OLFATO PERCEBE O FRESCOR DA BRISA LEVE
QUE ENTRA PELAS JANELAS
O PALADAR DESGUSTA CADA SEIVA DO CORPO SUADO
A AUDIÇÃO ESCUTA MURMURIOS VINDOS DE DENTRO
QUAL O MAR QUANDO DEBRUÇA SOBRE AS ONDAS
O TATO PERCORRIA EM VELOZES MOVIMENTOS
DEIXANDO AS SEDAS ESPALHADAS, A CAMISOLA NUM CANTO,
O PERFUME EXALANDO PELOS CORREDORES E TODOS OS SENTIDOS
BAILANDO EM FESTA NO COMPASSO DE UMA DANÇA
DE CORPOS COLADOS, ENCAIXADOS.
NO ÊXTASE DE TODAS AS HORAS E MINUTOS
SURGINDO UM SOSSEGO, ACALENTO, DOÇURA.
OS ENCANTOS DAQUELE HOMEM SOMEM
PORQUE TODOS OS MEUS SENTIDOS ADORMECERAM
PARA SONHAR ALÉM DO QUE ESCREVO

Nenhum comentário:

Postar um comentário