Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou a simplicidade casada com a verdadeira essência de um ser. Venho de uma família onde todos trazem e trouxeram em suas bagagens um código espiritual único e capaz de transformar palavras em frases complexas e simples, que ampliam horizontes e rompem barreiras. Sou filha do vento, da água, da terra e do fogo. Tenho minhas fases e mudo conforme a Lua. Sou a busca do exato, na medida disforme das coisas que vejo, e minha mente transcreve. Hoje criando este blog, mostrarei o que em gavetas escondia. Beleza, sinceridade, sede de transcrever o que minha alma sente ao se deparar com uma folha e um lápis, pois é desta forma que escrevo. Na simplicidade de um canto qualquer, mas com essência pura dos sensíveis.

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Poetisa Devaneadora...

Desperto com sorriso largo de contentamento
Ao receber um Bom dia!!!!!
Transbordando minha xícara de café, em emoções que abrem as janelas...
Sol aquecendo, qual o beijo que de longe foi enviado...
Os olhos iluminam-se, qual girassol contemplando o Astro Rei
 A felicidade envolve o peito, germinando um botão de fina flor
Perfumando a vida, minha cútis, minha alma...
São momentos que inebriam sem saborear
Palavras que sustentam meus dias, qual baldrame
Emoções que despontam, adentrando nas luzes do dia ensolarado
Sou uma poetisa devaneadora...
Abraçando quem eu amo
Entrelaçando o dia, com um meu marido-namorado.




Nenhum comentário:

Postar um comentário