Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou a simplicidade casada com a verdadeira essência de um ser. Venho de uma família onde todos trazem e trouxeram em suas bagagens um código espiritual único e capaz de transformar palavras em frases complexas e simples, que ampliam horizontes e rompem barreiras. Sou filha do vento, da água, da terra e do fogo. Tenho minhas fases e mudo conforme a Lua. Sou a busca do exato, na medida disforme das coisas que vejo, e minha mente transcreve. Hoje criando este blog, mostrarei o que em gavetas escondia. Beleza, sinceridade, sede de transcrever o que minha alma sente ao se deparar com uma folha e um lápis, pois é desta forma que escrevo. Na simplicidade de um canto qualquer, mas com essência pura dos sensíveis.

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

ABRIGO CELESTIAL

Dedilhando as teclas, entre os espaços e as linhas que escrevo
Tua presença vai se instalando feito conversa
Dialogamos na intimidade de um silêncio sem ser vazio
Preenchemos as linhas num quedar de afinidade
O tom de cada nota musical a tocar
Vibram nos recônditos de minha alma
Permanecendo em nós por horas
Conexão que volitam formando feixes luminosos
No quarto, a luz tênue adelgaça em proporções
Luzes em cores diversas, o violeta de teus fluídos pairam e brincam entre meus dedos
Fantástico momento entre nós e a Imensidão que nos cobre de ternura
Sinto a brisa que sopras para este embelezamento de pensamentos
Criando um elo e brotando a minha escrita
Ditada ou intuitiva, no sabor de um sopro divino
Instantes de emoção preso ao meu coração
Paramos por um momento e dançamos o despertar
Um dueto onde teu nome fica no anonimato
Presença de outrora, bordados pelos fios invisíveis
Pressentindo e dando sentido aos que irão ler
Tua presença é aconchego que me abriga
Asas que alçam voos em sublimes Pensamentos - Emoção
Tua despedida nunca foi um adeus
Um aceno, pois um dia voltarás a inundar meu ser
Com tua LUZ...


Nenhum comentário:

Postar um comentário