Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou a simplicidade casada com a verdadeira essência de um ser. Venho de uma família onde todos trazem e trouxeram em suas bagagens um código espiritual único e capaz de transformar palavras em frases complexas e simples, que ampliam horizontes e rompem barreiras. Sou filha do vento, da água, da terra e do fogo. Tenho minhas fases e mudo conforme a Lua. Sou a busca do exato, na medida disforme das coisas que vejo, e minha mente transcreve. Hoje criando este blog, mostrarei o que em gavetas escondia. Beleza, sinceridade, sede de transcrever o que minha alma sente ao se deparar com uma folha e um lápis, pois é desta forma que escrevo. Na simplicidade de um canto qualquer, mas com essência pura dos sensíveis.

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Adereço para o amor...


Enfeitei meu corpo e adornei com fios de ouro

Soltei minhas madeixas voejando no corpo teu

Envoltos no amparo deste afeto sincero

Flutuamos entre os roseirais

Exalamos nosso amor matinal

Entre os cantos onde nos encontramos

Há esquecimento dos que somos

Há aspiração dos desejos

Há carícias infinitas do encontro

Sincronizamos as excitações mais íntimas

Em nós habita dois corações flamejando

Há separação nos pensamentos

Ninguém rouba o que há entre nós

Juntamos nossos corpos e volitamos num espaço

Longe dos olhos daqueles que não nos querem bem...

 

 

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário