Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou a simplicidade casada com a verdadeira essência de um ser. Venho de uma família onde todos trazem e trouxeram em suas bagagens um código espiritual único e capaz de transformar palavras em frases complexas e simples, que ampliam horizontes e rompem barreiras. Sou filha do vento, da água, da terra e do fogo. Tenho minhas fases e mudo conforme a Lua. Sou a busca do exato, na medida disforme das coisas que vejo, e minha mente transcreve. Hoje criando este blog, mostrarei o que em gavetas escondia. Beleza, sinceridade, sede de transcrever o que minha alma sente ao se deparar com uma folha e um lápis, pois é desta forma que escrevo. Na simplicidade de um canto qualquer, mas com essência pura dos sensíveis.

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

No compasso deste passo...

Nos embalos dos meus braços
Dançaremos num ritmo lento e amoroso
De este bailar de desejos
Entrelace tuas pernas nas minhas
Neste ciclo de amor sem fim
Na ânsia de ficar em mim
Meus pensamentos querem te possuir

Debruce teu corpo ao meu
Bailarina sensual de amor
Sou guardião do teu coração
Sentiremos junto o que é dançar

Largue os pudores
Sem limites... Sem proibição
No âmago dos teus olhos famintos
Para completarmos a este belo tango...

Ardente em compasso curto
Na emoção de mil absurdos
Em teu corpo farei morada
Neste tango foste a minha amada

Nenhum comentário:

Postar um comentário