Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou a simplicidade casada com a verdadeira essência de um ser. Venho de uma família onde todos trazem e trouxeram em suas bagagens um código espiritual único e capaz de transformar palavras em frases complexas e simples, que ampliam horizontes e rompem barreiras. Sou filha do vento, da água, da terra e do fogo. Tenho minhas fases e mudo conforme a Lua. Sou a busca do exato, na medida disforme das coisas que vejo, e minha mente transcreve. Hoje criando este blog, mostrarei o que em gavetas escondia. Beleza, sinceridade, sede de transcrever o que minha alma sente ao se deparar com uma folha e um lápis, pois é desta forma que escrevo. Na simplicidade de um canto qualquer, mas com essência pura dos sensíveis.

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Um filme... Num tempo...






Perdida no silencio dos meus pensamentos, envoltos de beleza e sutileza das palavras que pronuncias. Soletras as palavras que tiras de minha boca com a leveza de entender e decifrar de longe... Permeiam a solidão e trazem de volta junto com o arco-íris no horizonte. Esperança... Viajo solta entre os pensamentos e deleito-me nos anseios que caem em pequenas gotinhas no mar, minhas lágrimas de sentimento de existir e experimentar. Mergulharei para que a brisa sopre de leve meu corpo nudez. Deixando-me leve nas brumas, de tal modo descansarei num torpor de delírios sem os beijos teus. Ao longe vibraremos em uma emoção de felicidade plena e constante. O momento delimitou um novo tempo de filmes que reprisam, e outros que ainda estão em cartaz. Somos um trailer na programação, pronto para serem ensaiadas as últimas cenas, um filme de amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário