Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou a simplicidade casada com a verdadeira essência de um ser. Venho de uma família onde todos trazem e trouxeram em suas bagagens um código espiritual único e capaz de transformar palavras em frases complexas e simples, que ampliam horizontes e rompem barreiras. Sou filha do vento, da água, da terra e do fogo. Tenho minhas fases e mudo conforme a Lua. Sou a busca do exato, na medida disforme das coisas que vejo, e minha mente transcreve. Hoje criando este blog, mostrarei o que em gavetas escondia. Beleza, sinceridade, sede de transcrever o que minha alma sente ao se deparar com uma folha e um lápis, pois é desta forma que escrevo. Na simplicidade de um canto qualquer, mas com essência pura dos sensíveis.

domingo, 27 de julho de 2014

Sonharia tudo outra vez...

Os meus olhos adormeciam aos poucos em pensamentos desalinhados
Adágios permeiam um desejo ou quem sabe uma realidade...
Aos poucos qual névoa a cobrir-me inicia o sonho.
Surge em meu quarto um homem que se instala sem pedir licença.
 Entra e arrebata os meus sentidos com um amor sedutor e fugaz. Nossos olhares se cruzam sem apresentação, toques sutis com uma linguagem de gestos que se comunicam entre si.
Lançamo-nos entre os lençóis seminus, a descoberta sutilmente entremeia entre os verbos soltos e sem pudores ao silencio de sentir.
Dos delírios ao ápice de todos os momentos, os corpos descansam do êxito de mais um encontro de dois corações que batem uníssono.
A seiva escorre por entre as lágrimas de alegria do ato consumado. Uma ânsia louca de um querer sem freios, sem receios e não temendo o medo de um bem querer.
Aos poucos o homem vai se esvaindo deixando um perfume amadeirado. Meus sentidos paralisados do instante relâmpago, procura pelos cantos. Mas, ele se foi... As cortinas se agitam, a janela se abre e nas nuvens dissipa-se com o vento que o trouxe e levou... Para um sono profundo num lugar distante onde vive ou nunca morou... E quem sabe um dia ele retornará... Deixando-me sonhar mais uma vez...



Nenhum comentário:

Postar um comentário