Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou a simplicidade casada com a verdadeira essência de um ser. Venho de uma família onde todos trazem e trouxeram em suas bagagens um código espiritual único e capaz de transformar palavras em frases complexas e simples, que ampliam horizontes e rompem barreiras. Sou filha do vento, da água, da terra e do fogo. Tenho minhas fases e mudo conforme a Lua. Sou a busca do exato, na medida disforme das coisas que vejo, e minha mente transcreve. Hoje criando este blog, mostrarei o que em gavetas escondia. Beleza, sinceridade, sede de transcrever o que minha alma sente ao se deparar com uma folha e um lápis, pois é desta forma que escrevo. Na simplicidade de um canto qualquer, mas com essência pura dos sensíveis.

domingo, 22 de setembro de 2013

LIBERTA DOS ANSEIOS



Vem de mansinho, qual menino.
Embalando meu sonho com carinho
Tens as mãos suaves
Toque de pétalas exalando perfume inebriante
Sigo os teus passos para receber afeição
Meus olhos fitam na imensidão da luz
Procurando o Amor que queres me dar
Fujo sem preparo
Na rotina que vicia meus sentimentos mais puros
Queria eu pensar em nada ou em tudo...
Para sair deste casulo, sobrevoando ao longe...
Deslizando as asas sobre a relva
Liberta dos anseios presos que sufoca a alma
Viver sem cair em abismos
Sentir somente as tuas mãos a me guiar
Por lugares desconhecidos e adormecidos
Lembranças em flash repentino
Vem minha criança, vem meu menino.
Que é hora de despertar...
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário