Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou a simplicidade casada com a verdadeira essência de um ser. Venho de uma família onde todos trazem e trouxeram em suas bagagens um código espiritual único e capaz de transformar palavras em frases complexas e simples, que ampliam horizontes e rompem barreiras. Sou filha do vento, da água, da terra e do fogo. Tenho minhas fases e mudo conforme a Lua. Sou a busca do exato, na medida disforme das coisas que vejo, e minha mente transcreve. Hoje criando este blog, mostrarei o que em gavetas escondia. Beleza, sinceridade, sede de transcrever o que minha alma sente ao se deparar com uma folha e um lápis, pois é desta forma que escrevo. Na simplicidade de um canto qualquer, mas com essência pura dos sensíveis.

sábado, 22 de outubro de 2016

POEMAS EM PEDAÇOS 11, 12, 13, 14 , 15


POEMAS EM PEDAÇOS 15 

VOLITEI NAS VISÕES CONTEMPLATIVAS
SENTINDO OS SENTIDO LARGAREM-SE
FEITO BOLA DE GÁS AO VENTO
FLUTUANDO SEM DESTINO
UM NÔMADE CÓSMICO
CIRCULANDO NAS VASTAS LINHAS DO HORIZONTE
ALÉM-MAR, CAMINHOS, SONS E HARPAS...
POEMAS EM PEDAÇOS 14

VOAM AO LONGE
JUNTOS
SEPARADOS
UNINDO DESEJOS
AMOR
PRÓPRIO DOS ENAMORADOS
POEMAS EM PEDAÇOS 13

DA ÂNSIA E DA ILUSÃO DO QUE SE FOI
MAS VOA, POIS SE EM FELIZ ADIVINHO
É QUE MINHA ALMA VIBRA E PRESSUPÕE
QUE HÁ SEMENTE DE FLOR NESSE CAMINHO
POEMAS EM PEDAÇOS 12

QUEM ÉS TU,
UM ESPANTO,
UM PEDAÇO DE GENTE
COM CORAÇÃO DE ANJO?
QUEM ÉS TU,
UMA PRISIONEIRA DOS SENTIDOS
DOS MAIS PUROS OU IMPUROS?
CONQUISTAS OS OLHOS DOS POETAS,
CONTEMPLAS A LUZ DO CANTO DA SALA,
POUCO DIZES OU NADA FALAS
QUEM ÉS TU...
POEMAS EM PEDAÇOS 11

CUBRO MEU CORPO, VESTINDO UMA CAMISOLA TRANSPARENTE
COLOCO NO MEU AVESSO, VESTINDO MINHA ALMA
COM TRAJE DESCENTE.
CAMINHO AO ENCONTRO DE VIAJANTES,
SEGUIDORES DE ELOS PERDIDOS
CONECTADOS A MINHA CORRENTE
DE CAMISOLA...
PÉS DESCALÇOS...
LEVITO NAS ÁGUAS SAGRADAS 
DE MÃOS DADAS COM A DIVINDADE

Nenhum comentário:

Postar um comentário