Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou a simplicidade casada com a verdadeira essência de um ser. Venho de uma família onde todos trazem e trouxeram em suas bagagens um código espiritual único e capaz de transformar palavras em frases complexas e simples, que ampliam horizontes e rompem barreiras. Sou filha do vento, da água, da terra e do fogo. Tenho minhas fases e mudo conforme a Lua. Sou a busca do exato, na medida disforme das coisas que vejo, e minha mente transcreve. Hoje criando este blog, mostrarei o que em gavetas escondia. Beleza, sinceridade, sede de transcrever o que minha alma sente ao se deparar com uma folha e um lápis, pois é desta forma que escrevo. Na simplicidade de um canto qualquer, mas com essência pura dos sensíveis.

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Moonlight

UM NÔMADE CÓSMICO


Descansei nas linhas do tempo
Aprendiz de lições não ensinadas
Muito menos decoradas...
Volitei nas visões contemplativas
Sentindo os sentidos largarem-se
Feito bolas de gás ao vento
Flutuando sem destino
Um nômade cósmico
Circulando nas vastas linhas do horizonte
Além-mar, luz, caminhos, sons e harpas...
A música inebriava meus ouvidos
Bela canção ecoava nos cantos do mundo
Cantadas e cantaroladas por crianças descalças
Em verdes campos, cobertos de girassóis.
A alegria contagiava os que admiravam
O espetáculo de vozes e rostos celestiais
Um mundo sem matéria
Somente na condição espiritual
Refletem na memória os momentos
As canções, as letras e o significado.
Tudo parece tão simples
Na plenitude de cada direção
Desprendo-me feito luz
Nos caminhos da Imensidão...