Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou a simplicidade casada com a verdadeira essência de um ser. Venho de uma família onde todos trazem e trouxeram em suas bagagens um código espiritual único e capaz de transformar palavras em frases complexas e simples, que ampliam horizontes e rompem barreiras. Sou filha do vento, da água, da terra e do fogo. Tenho minhas fases e mudo conforme a Lua. Sou a busca do exato, na medida disforme das coisas que vejo, e minha mente transcreve. Hoje criando este blog, mostrarei o que em gavetas escondia. Beleza, sinceridade, sede de transcrever o que minha alma sente ao se deparar com uma folha e um lápis, pois é desta forma que escrevo. Na simplicidade de um canto qualquer, mas com essência pura dos sensíveis.

quarta-feira, 20 de junho de 2012

NÃO QUERO MAIS DECIFRAR ENIGMAS



VOU RASGAR ESTE PAPEL AMARELADO
PERGAMINHOS GUARDADOS NA MÉMORIA
NÃO QUERO MAIS DECIFRAR ENIGMAS
COISAS QUE REELEMBRO E BUSCO
NUM SENTIMENTO DE DESCORBERTAS
QUERO UM PAPEL EM BRANCO
ESCREVER MINHA HISTÓRIA NO PRESENTE
SOLTAR AS GARGALHADAS QUE LATEJAM EM ALEGRIAS
BUSCAR O CERTO MESMO QUE O CAMINHO SEJA TORTO
É ERRANDO QUE SE APRENDE
É APRENDENDO QUE ACERTAMOS
VIAJAR PELA IMENSIDÃO QUAL ERMITÃO
MEDITAR SOBRE OS GRANDES SIGNIFICADOS DA VIDA
CONCENTRANDO O MEU MUNDO NO AGORA
SEM PENSAR NO AMANHÃ...
SOU UMA ETERNA BUSCA
MEDIANTE AO QUE ME DERAM DE GRAÇA
MEUS SENTIDOS AGUÇAM A TERCEIRA VISÃO
BAILAM E DESLIZAM FEITO BAILARINO
NA PONTA DOS PÉS
FORMANDO FRASES, POEMAS E VERSOS.
SOU UM ABSTRATO NA FORMA QUE NÃO DEFINO
SOU A PLENITUDE DE TUDO QUE ESCREVO
SOU LEITURA
POIS TODO POETA É UM POUCO DE TUDO
OU POUCO DO NADA...





Nenhum comentário:

Postar um comentário