Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou a simplicidade casada com a verdadeira essência de um ser. Venho de uma família onde todos trazem e trouxeram em suas bagagens um código espiritual único e capaz de transformar palavras em frases complexas e simples, que ampliam horizontes e rompem barreiras. Sou filha do vento, da água, da terra e do fogo. Tenho minhas fases e mudo conforme a Lua. Sou a busca do exato, na medida disforme das coisas que vejo, e minha mente transcreve. Hoje criando este blog, mostrarei o que em gavetas escondia. Beleza, sinceridade, sede de transcrever o que minha alma sente ao se deparar com uma folha e um lápis, pois é desta forma que escrevo. Na simplicidade de um canto qualquer, mas com essência pura dos sensíveis.

terça-feira, 20 de março de 2012

PEREGRINAÇÃO Em dueto Sandra Helena Queiróz Silva e Afonso Prates da Silva


                         
Sou peregrino de caminhos/ Com fé e convicção
Sendas que construo/ Num trajeto árduo
Moradas diversas/ Pousadas flutuantes
Em planetas secundários/ Cosmogonia
Surjo com a luz e deito-me/ Nas ondas
Nas brumas de mares profundos/ Renovo minha fé.

Peregrino pelos montes sagrados/ Invocando aos céus
Colinas e abismos / Perigos constantes
Colocando um feixe de luzes / Clareando o trajeto
Nos cantos escuros por onde passo... / Acompanhado por Deus.

Sou peregrino / Convicto
De peregrinações continuas / E sucessivas
Sou à busca da perfeição de espírito / De luz
A suave brisa da intuição / Abre minha mente
Andarilhos de esconderijos temporários / E sutis
Abrigo de corações feridos / Sofrimento de uma vida
Angustias d’alma / Espíritos em conflitos
Consolo e oração / Alívio da mente
Sou peregrino / Sou corajoso
Amigo e irmão / Em todas as horas.




Nenhum comentário:

Postar um comentário