Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou a simplicidade casada com a verdadeira essência de um ser. Venho de uma família onde todos trazem e trouxeram em suas bagagens um código espiritual único e capaz de transformar palavras em frases complexas e simples, que ampliam horizontes e rompem barreiras. Sou filha do vento, da água, da terra e do fogo. Tenho minhas fases e mudo conforme a Lua. Sou a busca do exato, na medida disforme das coisas que vejo, e minha mente transcreve. Hoje criando este blog, mostrarei o que em gavetas escondia. Beleza, sinceridade, sede de transcrever o que minha alma sente ao se deparar com uma folha e um lápis, pois é desta forma que escrevo. Na simplicidade de um canto qualquer, mas com essência pura dos sensíveis.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

PORTO SEGURO - EM DUETO ATHANAZIO LAMEIRA E SANDRA QUEIRÓZ


Se você encontrar alguém / Olhe nos olhos
 Que lhe peça ajuda / Ajude
Estenda a mão / Deixe atracar o seu barco
Ofereça seu porto seguro / Lance ancora
Aquela fortaleza / Que é você
Que aparentemente possa demonstrar / Desconfiança
Não questione / Afague seus lamentos
Apenas lhe pareça amigável / Faça dele um amigo
 Talvez / É disso que ele precise
 Não precise dizer nada / Sorria 
Apenas escute / Maior acalento 
Seu tempo precioso / Servindo
 Estará a serviço do amor / E da paz interior

Nenhum comentário:

Postar um comentário