Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou a simplicidade casada com a verdadeira essência de um ser. Venho de uma família onde todos trazem e trouxeram em suas bagagens um código espiritual único e capaz de transformar palavras em frases complexas e simples, que ampliam horizontes e rompem barreiras. Sou filha do vento, da água, da terra e do fogo. Tenho minhas fases e mudo conforme a Lua. Sou a busca do exato, na medida disforme das coisas que vejo, e minha mente transcreve. Hoje criando este blog, mostrarei o que em gavetas escondia. Beleza, sinceridade, sede de transcrever o que minha alma sente ao se deparar com uma folha e um lápis, pois é desta forma que escrevo. Na simplicidade de um canto qualquer, mas com essência pura dos sensíveis.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

QUEBRA-CABEÇA DA VIDA

Muitos contos já contaram
Minha história refez
Formando peças 
Quebra-cabeça
Mil peças
Sem ao menos saber 
Por onde começar
Entre as peças
Uma chamava atenção
Tinha um brilho
Um "QUE" de verdade
Era a figura de Deus
Em oração fui remexendo
Montando e comecei
Desfazendo um conto
E por fim...
Refiz minha história
Perdida estava
Empoeirada pelo tempo
Deixei esquecida
Cai a cortina da saudade
Abre-se o palco da vida
Encenei várias peças
Desfiz alguns atos
Encontro-me em aplausos
Por vencer as adversidades
Dos momentos que tive que passar
Montando o quebra-cabeça
Verificando que somos
Vários pedacinhos 
Encaixam-se  
Tempo
Etapas
Idade
Amores
Saudades
Lembranças
Formei uma linda história
Com começo e meio
O fim deixará para outro plano
Quem sabe...
Os contos serão direcionados
As histórias refeitas
Em outras vidas...

Um comentário:

  1. Querida Poeta
    O quebra-cabeça só estará montado quando o ser humano anexar:
    Amor, compaixão, ternura, compreensão, humanidade, bondade e felicidade.
    O teu já está montado, esqueceste apenas de “sorrir”.
    Um abraçãoooo

    ResponderExcluir