Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou a simplicidade casada com a verdadeira essência de um ser. Venho de uma família onde todos trazem e trouxeram em suas bagagens um código espiritual único e capaz de transformar palavras em frases complexas e simples, que ampliam horizontes e rompem barreiras. Sou filha do vento, da água, da terra e do fogo. Tenho minhas fases e mudo conforme a Lua. Sou a busca do exato, na medida disforme das coisas que vejo, e minha mente transcreve. Hoje criando este blog, mostrarei o que em gavetas escondia. Beleza, sinceridade, sede de transcrever o que minha alma sente ao se deparar com uma folha e um lápis, pois é desta forma que escrevo. Na simplicidade de um canto qualquer, mas com essência pura dos sensíveis.

sábado, 27 de novembro de 2010

O POETA É


Essência sublime
No ápice do mundo
Emoções afloradas
Sentimentos sentidos
Ouvidos
Murmurados

Sofre por amor
Procura
Encontra
Se perde
Enlouquece

Metamorfose...

Rompe seu casulo
Sai em pleno voo
Borboleta colorida
Viajante de sonhos
Repousa na poesia

O poeta é.
Inspiração
Angústia
Solidão
Liberdade
Conflito
Soltando seu grito
Na imensidão
Do seu coração

Eletricidade provoca leucemia (Informação Importante)

O assinto em foco, é a luta de moradores que estão se mobilizando, contra os postes de alta tensão. Nas ruas e proximidades de onde residem.Fica alguns alertas para quem desconhece o assunto das várias doenças que causam levando a morte.
Estes textos foram permitidos pelo autor, que apresenta em seu blog.http://pauloroneyavilafagundez.zip.net/
Interessante de ler e acompanhar a luta travada contra empresas que em Santa Catarina chama-se CELESC,indo muito além...

O EXEMPLO QUE VEM DE PORTUGAL

Serzedelo recebe movimento contra Linhas de Alta Tensão
Dezenas de pessoas que integram o Movimento Nacional Contra as Linhas de Alta Tensão em Zonas Habitadas vão manifestar-se durante a tarde.

O movimento escolheu Serzedelo como sede da primeira reunião devido à "forma anormal como convivem moradores e cabos de alta tensão" naquela localidade.

"Serzedelo é um exemplo paradigmático da realidade portuguesa", sublinhou Helena Carmo, membro do movimento oficialmente legalizado em 27 de Maio.

Segundo o levantamento realizado por moradores, foram registados em Serzedelo 76 novos casos de cancro nos últimos dez anos.

A delegação de saúde pública de Guimarães está já a fazer um estudo epidemiológico, que deverá ficar concluído em Julho, no sentido de analisar se existe uma relação entre as radiações das dezenas de cabos de alta tensão e vários problemas de saúde que afligem a população.

Neste primeiro encontro nacional deverão ser aprovados os estatutos do movimento recentemente legalizado e eleitos os seus corpos sociais.

No entanto, não são apenas as questões administrativas e organizacionais que estarão em foco durante a reunião marcada para esta tarde em Serzedelo.

O movimento vai estudar e decidir formas de protesto contra a instalação de Linhas de Alta e Muito Alta Tensão em zonas habitadas.

O movimento é integrado por moradores de Almada, Amadora, Batalha, Guimarães, Odivelas, Panefiel, Seixal, Silves e Sintra.
http://ww1.rtp.pt/noticias/?article=62999&visual=3&layout=10

Escrito por Paulo Roney Ávila Fagúndez


Eletricidade provoca leucemia

Uma pesquisa sueca revela que a energia dos fios de alta tensão leva à leucemia infantil: quanto mais perto das linhas, maior é o risco da doença.
Uma pesquisa sueca realizada em 500 000 residências a menos de 300 metros de linhas de alta tensão forneceu os mais precisos dados sobre a ação da eletricidade no organismo. A conclusão é que a energia dos fios leva à leucemia infantil: quanto mais perto das linhas, maior o risco da doença. Melhor dizendo, o risco está ligado à intensidade da força eletromagnética emitida pelos fios elétricos. Por exemplo: as máquinas de café domésticas contêm bobinas que agem como ímãs fracos - com intensidade de 1 miligauss . O que a pesquisa sueca mostrou foi a seguinte correlação: quando a intensidade passa de 1 para 2 miligauss, o risco de leucemia triplica; quando passa para 3 miligauss, o risco quadruplica, assinalam os autores da pesquisa. E difícil imaginar que o aumento do número de casos tenha um outro motivo que não seja a eletricidade. Embora muitos outros estudos, nos últimos dez anos, tenham apontado laços suspeitos entre eletricidade e leucemia, ainda não foi estabelecida a relação de causa e efeito entre uma coisa e outra.

http://super.abril.com.br/superarquivo/1993/conteudo_113439.shtml

Escrito por Paulo Roney Ávila Fagúndez