Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou a simplicidade casada com a verdadeira essência de um ser. Venho de uma família onde todos trazem e trouxeram em suas bagagens um código espiritual único e capaz de transformar palavras em frases complexas e simples, que ampliam horizontes e rompem barreiras. Sou filha do vento, da água, da terra e do fogo. Tenho minhas fases e mudo conforme a Lua. Sou a busca do exato, na medida disforme das coisas que vejo, e minha mente transcreve. Hoje criando este blog, mostrarei o que em gavetas escondia. Beleza, sinceridade, sede de transcrever o que minha alma sente ao se deparar com uma folha e um lápis, pois é desta forma que escrevo. Na simplicidade de um canto qualquer, mas com essência pura dos sensíveis.

sexta-feira, 19 de março de 2010

SINFONIA DOS LÁBIOS


Sinfonia dos lábios
Atração fatal
Sentir o gosto
Saborear o beijo
Desabrocha o desejo
De ser tua
Toda nua
Nos braços teus

Sonata delirante
Murmúrio de paixão
Lábios colados
Deslocados
Momentos dançarinos
Línguas soltas
Alucinação
Deste beijo ardente
Somente teu

Sinfonia de lábios
Enlouquecendo o corpo
Vibrando em acordes
Serenata de amor
Tocam sinos
Refletem luzes
São meus lábios
Trilhando caminhos
Encontra o destino
Sacia a sede
Do prazer

Sinfonia dos lábios
Marcante momento
Registro d’alma
Vontade constante
Prelúdio sentimental
Tornei-me músico
Bailando contigo
Nas longas horas
Bailes inesquecíveis
Ritmados na grande
Sinfonia dos lábios

2 comentários:

  1. Olá Sandra
    Lindo poema, misto de amor e desejo.
    Um ótimo fim de semana para você
    Um beijo

    ResponderExcluir
  2. Sinfonia das palavras, belos versos, bela poesia Sandra!! Um bom final de semana prá ti, beijos, :)

    ResponderExcluir