Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou a simplicidade casada com a verdadeira essência de um ser. Venho de uma família onde todos trazem e trouxeram em suas bagagens um código espiritual único e capaz de transformar palavras em frases complexas e simples, que ampliam horizontes e rompem barreiras. Sou filha do vento, da água, da terra e do fogo. Tenho minhas fases e mudo conforme a Lua. Sou a busca do exato, na medida disforme das coisas que vejo, e minha mente transcreve. Hoje criando este blog, mostrarei o que em gavetas escondia. Beleza, sinceridade, sede de transcrever o que minha alma sente ao se deparar com uma folha e um lápis, pois é desta forma que escrevo. Na simplicidade de um canto qualquer, mas com essência pura dos sensíveis.

sábado, 13 de fevereiro de 2010

NESTA DATA


Há alguns anos vi tua partida.
Partindo tão rápido, sem ter tempo para um adeus.
Deus nos poupou das despedidas e fez da tua partida uma data jamais esquecida.
Quando partistes das angústias vividas, liberta da túnica humana
Seguistes viagem ao longe...
A esfera cristalina dos valores esperavam tua chegada.
Brindaram com taças balsâmicas, banharam teu corpo retirando das entranhas
O que nele trazias.
Adormecestes refazendo tuas energias.
Bem sei do conforto que hoje sentes,trabalhando,ajudando e praticando a caridade,
Bandeira única que carregava por onde passavas.
Sua trajetória, como é boa lembrar.
Desta irmã amiga, sem limites de dar amor, fazer a caridade, mostrar e ensinar a verdade.
Mas, o destino rompeu elos, desatou nós.
Unidas estamos, mas, o véu do mistério não me deixa ver. Apenas sentir.
Queria neste momento lhe dar um abraço, um beijo, mas o faço em forma de pensamento,sei que sentes também.
Sinto teu calor a me rondar, tuas mãos a me afagar, teu perfume exalas
Quando me encontro em solidão.
Sou tua parte neste mundo que pisastes que partistes,mas que deixastes SAUDADES.

Nenhum comentário:

Postar um comentário