Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou a simplicidade casada com a verdadeira essência de um ser. Venho de uma família onde todos trazem e trouxeram em suas bagagens um código espiritual único e capaz de transformar palavras em frases complexas e simples, que ampliam horizontes e rompem barreiras. Sou filha do vento, da água, da terra e do fogo. Tenho minhas fases e mudo conforme a Lua. Sou a busca do exato, na medida disforme das coisas que vejo, e minha mente transcreve. Hoje criando este blog, mostrarei o que em gavetas escondia. Beleza, sinceridade, sede de transcrever o que minha alma sente ao se deparar com uma folha e um lápis, pois é desta forma que escrevo. Na simplicidade de um canto qualquer, mas com essência pura dos sensíveis.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

DUPLO SENTIDO

Certa vez, em uma cidade do interior
Cartazes espalhados por toda parte
Nas rádios propaganda anunciando um grande baile
Para comemorar o aniversário da cidade
A notícia logo se espalhou na cidadezinha
E arredores
Uma moça muito bonita recém- chegada
A pacata cidade
Entusiasmou-se com tal baile
Dia do baile lotação superada
A dança corria solta pelo salão
A bela moça esperava um convite
Para dançar
Não demorou muito
Um belo rapaz muito bem vestido
Aproxima-se e faz o convite
Vamos dançar senhorita?
Depois de duas voltas pelo salão
A moça não aguentava mais o cheiro
Forte de suor do pretendente
A música parecia não ter fim
Com toda gentileza e muita educação
A moça fala ao seu ouvido
VOCÊ SUA...
Imediatamente a resposta
Entusiasmada do mesmo
VOCÊ SEU

Nenhum comentário:

Postar um comentário