Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou a simplicidade casada com a verdadeira essência de um ser. Venho de uma família onde todos trazem e trouxeram em suas bagagens um código espiritual único e capaz de transformar palavras em frases complexas e simples, que ampliam horizontes e rompem barreiras. Sou filha do vento, da água, da terra e do fogo. Tenho minhas fases e mudo conforme a Lua. Sou a busca do exato, na medida disforme das coisas que vejo, e minha mente transcreve. Hoje criando este blog, mostrarei o que em gavetas escondia. Beleza, sinceridade, sede de transcrever o que minha alma sente ao se deparar com uma folha e um lápis, pois é desta forma que escrevo. Na simplicidade de um canto qualquer, mas com essência pura dos sensíveis.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

MISTÉRIO DA NOITE



O céu está bordado de estrelas cintilantes,
Suspensa no infinito percebo a magia que a noite trás a todos
Os noctívagos.
Consigo reunir o bom, em tudo o que faço pela vida.
Eu queria me ausentar de tudo e de todos e
Sair pelo mundo para viver a minha solidão interior.
A queda ultrapassa a força do temor e deixa
Na face, dura ânsia, cansaço, e em seu caminho
Um fragor que ilumina.
Cegos buscamos outras vertentes.
Suor de sonho plantado e cultivado
Num rio que se amplia e se espraia
Na areia de estranha nostalgia.
Porque viajamos rios de enigmas
Subtraídos da alma?
Naveguei no cais dos sonâmbulos
Nas fulgurantes crinas da angustia.
Distancias dissolvida nos vôos.
Porque o dia é inconstante
Como a noite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário