Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou a simplicidade casada com a verdadeira essência de um ser. Venho de uma família onde todos trazem e trouxeram em suas bagagens um código espiritual único e capaz de transformar palavras em frases complexas e simples, que ampliam horizontes e rompem barreiras. Sou filha do vento, da água, da terra e do fogo. Tenho minhas fases e mudo conforme a Lua. Sou a busca do exato, na medida disforme das coisas que vejo, e minha mente transcreve. Hoje criando este blog, mostrarei o que em gavetas escondia. Beleza, sinceridade, sede de transcrever o que minha alma sente ao se deparar com uma folha e um lápis, pois é desta forma que escrevo. Na simplicidade de um canto qualquer, mas com essência pura dos sensíveis.

sábado, 21 de novembro de 2009

CREDO E CREDO-EM-CRUZ



Credo uma crença, fé religiosa, contestações, fanatismos, mistérios, outros céticos, muitas vezes crenças ocultas, outras mostradas e aguçadas ao ponto de crer e ser credor a cada dia de experiências vividas.
Quando escuto Credo-em-cruz, me pergunto: Porque tanto espanto, diante do manto que cobre os olhos de quem não os vê. Comparo a uma narração que fiz sobre as religiões e suas crenças. (Minha maneira de pensar)
- Certo dia um homem vindo do espaço celestial, se encantou com o planeta Terra, veio para propagar o Amor, Caridade, enfim só sentimento construtivo para mostrar aos seres que aqui habitavam e em ciclo vão e voltam. Resolveu ter muitos filhos, mas com um, porém, com muitas mulheres diferentes escolhidas como mães, nascendo vários credos.
Blasfêmia, Credo-em-cruz, apenas simplificando a forma que muitas vezes o desrespeito e uma grande contrariedade no que cremos.
Com tantos vínculos formaram-se os irmãos(credos) e suas adversidades, normal entre pessoas que mal se conhecem e pertence à mesma família. Pensam de forma diferente não respeitando todos os credos e muitas vezes quando os conhecem vem logo a frase
CREDO-EM-CRUZ.
Simplificando em uma frase para tanto espanto: DEUS É ÚNICO, SUA PROCURA DEPENDERÁ DE CADA QUAL ONDE BUSCÁ-LO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário